5 dicas para ajudar sua vida financeira

As vezes o dinheiro não chega no final do mês e quando menos esperamos já estamos desesperados imaginando quando cairá o próximo salário. Por isso, dicas para ajudar você sair do sufoco nunca é demais.

Pensando nisso, temos algumas sugestões para você, não deixe de conferir!

  1. Saiba exatamente quanto você ganha

O primeiro passo é contar somente com o salário fixo, ou seja, seu salário líquido que já vem com os descontos trabalhistas.   É a partir dele que você poderá se organizar e ver o tanto que você terá para gastar durante o mês.

E lembre-se! É importante sempre deixar uma quantia reservada para guardar na poupança.

  1. Controle seus gastos

Poucos tem o hábito de anotar tudo o que gasta. Mas essa prática pode te ajudar, e muito, a ter um controle maior das suas despesas.  Você pode anotar todas suas contas em aplicativos para celular, em um caderno ou até fazer uma planilha no excel. O importante , é conseguir ver onde dá para economizar.

  1. Crie uma meta de gasto por semana

Fica mais fácil ter autocontrole com metas claras do quanto pode gastar no fim de semana ou na semana, por exemplo.

Separe os gastos fixos, como o aluguel e as contas básicas da casa, e o que você irá poupar, e veja quanto sobra do seu dinheiro para os gastos variáveis, como alimentação, transporte e lazer.Divida esse valor pelas semanas do mês, por exemplo, e estabeleça um valor máximo para gastar por semana, incluindo todos os gastos variáveis, do cafezinho ao salão de beleza.

  1. Assuma menos contas fixas

Reveja suas contas fixa e analise se alguns desses gastos podem ser cortados. De pouco em pouco, as contas acabam se tornando básicas e até pode ficar um dinheiro a mais na conta.

A moradia é um dos itens do orçamento que pesa mais, por isso, segundos especialistas em finanças, o ideal é que o gasto com aluguel ou com financiamento não ultrapasse 30% da renda familiar.

  1. Adote uma forma de pagamento que você não se perca

Qual a melhor forma para se planejar? No dinheiro, cartão de débito ou cartão de crédito?

Opte pela forma que você achar mais fácil. Para alguns, sacar notas no caixa eletrônico e usá-las para pagar tudo que consumir é a melhor maneira de controlar melhor o que você gasta. Para outros,  o cartão de crédito pode ajudar na organização financeira, pois permite que você ajuste a data do pagamento ao recebimento do salário e se planeje para pagar tudo de uma vez.  O importante é saber sempre o quanto tem e o quanto se pode gastar.

Tem alguma outra dica para compartilhar com a gente? Não deixe de nos contar!