Já faz alguns anos que a maioria das pessoas que são residentes de grandes centros urbanos começaram a se preocupar com a saúde e não estamos falando só em alimentação, mas também com exercícios físicos. Vemos por aí muita gente fazendo caminhadas em grandes avenidas, academias cada vez mais cheias, parques mais lotados em feriados e finais de semana, tudo em busca de uma saúde melhor.

O grande obstáculo para não conseguir seguir uma vida mais ativa é o tempo. Em cidades grandes as pessoas estão acostumadas a ficarem muito tempo em transportes públicos e trabalhar até tarde da noite; aí vem a pergunta: “Qual momento vou fazer academia? Quando consigo fazer uma caminha?”. E é por essa e outras questões que a bicicleta chegou para ficar e não sair mais.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, existe o projeto “Bike Sampa”, onde há um incentivo para  compartilhamento de bikes, via app ou até mesmo aluguel por meio do cartão de crédito de algum banco.

Em especial, temos as famosas bicicletas do Itaú, que estão espalhadas pela cidade onde o usuário e cliente do banco consegue alugar a bicicleta por um determinado período e devolver em qualquer “estacionamento” de bicicletas do próprio Itaú. O único problema sistema é que se você não mora ou trabalha perto de um “estacionamento”, terá que procurar algum, andar até o local ou até mesmo pegar um carro para ir até o local.

Outro modo de usar a bicicleta como meio de transporte é portanto a sua própria bicicleta. Hoje em dia há muitas lojas especializadas em montar uma bicicleta de acordo com o gosto do cliente, cor, modelo, com ou sem marcha.

Após muito sucesso das ciclofaixas e ciclovias, o uso crescente deste meio de locomoção, surgiram os apps de patinetes elétricos. Para quem não se lembra, o patinete foi muito utilizado nos anos 2.000 principalmente por crianças e adolescentes da época, e ninguém diria que 20 anos depois, ele seria escolhido como um dos prediletos entre os executivos. Seguem alguns apps para aluguéis de patinetes que você pode encontrar em grandes cidades: 

Yellow

A Yellow é uma startup que disponibiliza serviços de compartilhamento de patinetes elétricos e bicicletas que está disponível nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Porto Alegre, Santos, São José dos Campos, Vila Velha e Vitória. O cliente localiza os patinetes e as bicicletas através do mapa do aplicativo, que indica onde estão os equipamentos disponíveis.

O pagamento é efetuado através dos créditos que o usuário tiver na sua conta de cadastro do app. Os valores podem variar em cada cidade e são informados no próprio app.

 Scoo

O serviço de locação desses patinetes são equivalentes aos de outros apps. Você busca por meio do app o patinete mais próximo de onde você está localizados e faz o desbloqueio do mesmo. Inicialmente, é cobrado uma taxa de desbloqueio do patinete de R$1,00 e após isso, você será cobrado pela minutagem que ficará com ele.

Tanto a bicicleta quanto o patinete são uma ótima opção para quem quer fugir do trânsito ou que prefere não fazer aquela caminhada tão longa até o trabalho, além de serem um escape para quem quer ter uma vida mais saudável e não encontra aquele tempo livre.

Vale lembrar que para o uso desses apps e desses meios de locomoção, desde Agosto de 2019, existe uma legislação de, além de regularizar o uso dos apps, você deve seguir algumas regras:

  • uso de capacete;
  • velocidade máxima de 20km/h;
  • circulação permitida apenas em ciclofaixas e ciclovias;
  • proibido para menores de 18 anos;
  • uso individual;
  • repare sempre antes de alugar se o seu patinete e/ou bicicleta possuem  sinalização noturna, dianteira, traseira e lateral.

Já está preparado para trocar o carro, o trânsito e começar a andar de bicicleta e patinete? Então entra no nosso site porque lá temos vários parceiros onde você consegue comprar os itens de segurança e ainda receber parte do seu dinheiro de volta! Compartilhe com seus amigos e boa viagem!

Please follow and like us: