Um dos dias mais aguardados no ano por lojistas e consumidores, uma data adotada em vários países do mundo e no Brasil.

Já se perguntou como surgiu a Black Friday? Essa é uma pergunta comum, muitos de nós aproveitam essa data para fazer compras, mas nem sempre sabem como tudo isso começou. Por isso nessa postagem iremos te contar de onde e quando surgiu Black Friday e como influencia os comércios no Brasil.

Mas o que é a Black Friday?

O termo em sua tradução literária é “Sexta-Feira Negra” em inglês referenciado o dia que inaugura a temporada de compras natalinas com promoções significativas em lojas quase em todos os países do mundo. A data foi criada pelos varejistas nos Estados Unidos e o termo “Black Friday” é intitulado a quarta ou quinta sexta-feira do mês de novembro, que nos Estados Unidos é um dia após o feriado de Ação de Graças (comemoração cristã em agradecimento pelas boas colheitas realizadas no ano). O intuito trata-se de uma mega ação de vendas para liquidar os estoques das lojas, com ofertas de mercadorias cujos descontos chegam a até 80% do valor comum.

Cupom de Descontos Especiais
Cupom de Desconto Netshoes com 4% de cashback
Cupom de Desconto Ponto Frio com 2% de cashback
Peça já o nosso cartão de crédito Mooba com 1% de cashback
Cupom de Desconto Extra com 2% de cashback

Seguindo a história o termo “Black Friday” ganhou mérito só após o ano de 2001 quando realmente as vendas começaram a ganhar força rendendo lucratividade aos varejistas. Antes disso a data era considerada apenas como um dos dias mais congestionados e tumultuados por iniciar o período de compras de Natal e festas de final de ano, criando diversas teorias e associações que descrevem o surgimento da data como a crise financeira que acometeu os Estados Unidos em 1869 e em 1966.  Outra teoria é que a primeira vez que o termo foi usado foi no dia 24 de setembro de 1869, quando dois especuladores, Jay Gould e James Fisk, tentaram tomar o mercado do ouro na Bolsa de Nova York. Quando o governo foi obrigado a intervir para corrigir a distorção, elevando a oferta da matéria-prima ao mercado, os preços caíram e muitos investidores perderam grandes fortunas.

10 curiosidades sobre a data

  • A Mooba está fazendo  “A melhor Black Friday de todos os tempos
  • A Black Friday é considerada uma das datas com maior movimentação financeira do ano
  • Esse período corresponde à maior parte dos gastos de consumo do ano
  • A data já foi conhecida como Big Friday, devido a frustração de policiais pelo trânsito causado pelos consumidores
  • Dizem que termo Black Friday passou a significar ‘voltar ao azul’, lojistas conseguiram dar uma interpretação positiva ao termo ao dizer que ele se referia ao momento em que os estabelecimentos retornavam ao azul, ou seja, voltavam a ter lucro
  • Muitas pessoas economizam o ano todo para comprar nessa data
  • Algumas lojas promovem promoções com até 80% de descontos em alguns produtos
  • Em 2016, a data movimentou R$ 1,9 bilhão, 13 vezes mais do que a média registrada em um dia comum.
  • No dia da ação em algumas lojas se formam filas quilométricas que chegam a perder de vista
  • A Black Friday não se tornou referência nacional até a década de 1990

Como os brasileiros são impactados nesse período

Mesmo que os brasileiros não comemorem Ação de Graças, a data após essa comemoração definitivamente caiu no gosto brasileiro. Desde 2010, quando aconteceu a primeira Black Friday no Brasil, o número de lojas que resolveu aderir à moda só aumentou e todos anos seguintes os comércios e sites ficam abarrotados de gente comprando e aproveitando todas as promoções oferecidas.

Seria quase impossível não incluirmos a data no nosso calendário comercial, aproveitando a estratégia para gerar movimento fazendo promoções e atraindo os clientes. Partindo disso todos os lados “vendedor” e “comprador” saem ganhando, pois as lojas não ficam com produtos parados em estoque e os compradores têm a possibilidade de fazer suas compras com um valor promocional.

Quais os produtos mais desejados na Black Friday 2020?

Segundo pesquisa da área de Inteligência de Mercado da Globo, entre as pessoas que desejam consumir nesta época de pandemia estão as querem se presentear (65% dos entrevistados), aproveitar as promoções pela internet (29%) e percorrer as lojas físicas em busca de ofertas (16%).

Partindo da pesquisa os resultados de maiores desejos são:

  1. roupas e acessórios (31%);
  2. smartphones (30%);
  3. eletrônicos (30%);
  4. calçados (26%);
  5. eletrodomésticos (23%);
  6. perfumes e cosméticos (21%);
  7. móveis (21%);
  8. computador (20%).

Como aproveitar a data?

Para aproveitar o período de compras mais esperado do ano recomendamos que se organize, e um bom modo de se organizar é criando uma lista das coisas que deseja comprar categorizando por ordem de prioridades, para que assim entenda qual produto deve ter maior atenção no momento de compra. Outro ponto é definir seu orçamento, saber o quanto deseja gastar e o valor que pretende gastar em cada produto que incluiu na sua lista de desejos.

Definindo sua lista de desejos e entendendo as possibilidades de gastos, suas buscas são assertivas e mais rápidas porque com esses dois pontos em mente você define uma meta e cria um caminho no momento da pesquisa procurando lojas especificas dos produtos e promoções mais vantajosas. Falando em promoção é preciso ficar atento nas promessas oferecidas que os sites e lojas participantes da Black Friday estão divulgando, muitas lojas deixaram as melhores promoções para a primeira hora do dia 27/11, por isso quando criar sua lista é valido ressaltar qual o produto de maior desejo e nessa primeira hora focar em compra-lo e depois usar o tempo restante com os outros produtos. Assim você não perde as melhores promoções e ganha descontos nos seus produtos de maior desejo.

Outra dica muito importante é se inscrever em sites que te ajudam nessa busca. A MOOBA além de te ajudar com a encontrar as melhores promoções, também oferece cashbacks que te farão economizar e ainda ter parte seu dinheiro de volta.  Assim além de economizar você criar possibilidades de escolher outros produtos com o valor que recebeu de volta!

Autor: Gustavo Penachioni

Please follow and like us: